XVII EVQFM - Diário UFRJ LASSBio
27 de janeiro de 2011

Quinta-feira
Quarto Dia
"Entender a bioquímica da doença para chegar a novos fármacos"
por Lucia Beatriz Torres
A sepse ou choque séptico é uma resposta inflamatória sistêmica causada por uma infecção. Considerada como uma das principais causas de admissão nos Centros de Tratamento Intensivo (CTI), o número de mortes por sepse supera o de infarto do miocárdio e câncer. Apesar dos avanços da medicina e do alto investimento da indústria farmacêutica, a incidência e a mortalidade da doença não vêm diminuindo.

Para elucidar questões chaves que envolvem os mecanismos bioquímicos responsáveis pela resposta inflamatória sistêmica, sepse, a XVII Escola de Verão convidou o Prof. Fernando de Queiroz Cunha da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP-RP) para ministrar a Conferência desta quinta-feira. Especialista no assunto, o grupo de Cunha trabalha de forma pioneira investigando os mediadores envolvidos na gênese da dor inflamatória, já tendo logrado êxito em periódicos Nature e Science.

Hoje os cursos “Metabolismo de Fármacos e Interações Medicamentosas” da Profa. Lídia M. Lima (LASSBio/ UFRJ) e Highlights in Medicinal Chemistry" do Prof. Rob Leurs da Vrije Universiteit (Amsterdã, Holanda) despediram-se da Escola de Verão.  Amanhã será a vez de “Introdução à Química Farmacêutica Medicinal” do Prof. Eliezer J. Barreiro (LASSBio/ UFRJ) e “Do grama ao Kilograma: Desafios de uma ampliação de escala” do Prof. Angelo Machado, do Instituto de Química da Universidade de Brasília (UnB) terem o seu último dia de aula.

Com em torno de 150 participantes, a XVII de Verão em Química Farmacêutica Medicinal reuniu estudantes de graduação e pós-graduação de diferentes partes do Brasil e também do exterior. Nesta edição, a escola recebeu pesquisadores de países integrantes do Mercosul, entre eles Argentina e Uruguai. Dos estados mais distantes da cidade maravilhosa é importante destacar a presença de Roraima, Rio Grande do Norte, Piauí, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Santa Catariana e Porto Alegre. Um intercâmbio precioso de sotaques e experiências acadêmico-científicas.

Para encerrar a XVII Escola de Verão amanhã à tarde está programada para acontecer uma exposição de painéis e pôsteres de pesquisadores do Laboratório de Avaliação e Síntese de Substâncias Bioativas (LASSBio) apresentados em congressos ao longo de 2010. Para complementar, os alunos poderão fazer uma visita guiada ao laboratório para conhecer de perto onde esse conhecimento vem sendo construído dentro da UFRJ.

Patrocinadores Oficiais