XVII EVQFM - Diário UFRJ LASSBio XVIII Escol de Verão em Quimca Farmacêutica e Medicinal
25 de janeiro de 2012
Quarta-feira
Terceiro Dia

"Escola de Verão dá show de Química Medicinal Italiana"
por Lucia Beatriz Torres

Hoje os alunos da XVIII Escola de Verão puderam assistir um verdadeiro “show” de Química Medicinal italiana. Na conferência oferecida pela SINC do Brasil o Prof. Píer G. Baraldi da Università di Ferrara  apresentou o tema: History of the Medicinal Chemistry Research on Adenosine Receptors at Ferrara University”. Em sua conferência, Baraldi, que está participando evento pela terceira vez, apresentou compostos desenvolvidos no âmbito do seu laboratório na Itália que envolvem receptores da adenosina. Entre os compostos citados estão candidatos a fármacos para o combate ao glaucoma, ao câncer, antimicrobianos, entre outras doenças.

Com apoio do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR), a Escola de Verão pela segunda vez consecutiva, está oferecendo bolsas de estudos a participantes da América Latina. Por indicação do Programa Iberoamericano de Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento (CYTED), a Escola trouxe duas jovens pesquisadoras do Uruguai. Mariana Ingold e Elena Aguilera que são graduandas do curso de licenciatura em Bioquímica da Universidad de la Republica (Udelar).

Para favorecer a participação de estudantes de regiões mais afastadas dos grandes centros do País, contribuindo para sua permanência na cidade do Rio de Janeiro durante o evento, assim como no ano passado, a Escola de Verão está oferecendo 10 bolsas de estudos, no valor das de Iniciação Científica (CNPq), para graduandos de Farmácia e áreas afins. A seleção dos bolsistas levou em consideração a regionalidade (maior distância do Estado do Rio de Janeiro) e o coeficiente de rendimento do estudante. Para ter direito a bolsa, o estudante selecionado deverá, ao final da Escola de Verão, ter apresentado 100% de presença.

O curso “Highlights in Medicinal Chemistry”, que é voltado para os estudantes de pós-graduação, surgiu, em 2005, na VI Escola de Verão para favorecer o contato dos alunos com pesquisadores de renome internacional que vinham para o evento proferir conferências. Durante o curso, os especialistas apresentam seus estudos mais recentes atualizando os alunos high-topics da Química Farmacêutica Medicinal estrangeira. Esse ano três professores europeus estão se revezando no curso. Hoje foi a vez do Prof. Holger Stark da University Johan Wolfgang Goethe (Alemanha). Amanhã será o dia do Prof.  José  A. S. Cavaleiro da Universidade de Aveiro (Portugal) e na sexta-feira o Prof. Píer Baraldi da Università di Ferrara (Itália), que irá encerrar o curso.

Nesta tarde teve início na XVIII Escola de Verão o curso “Propriedade Intelectual/patentes”. Ministrado pelo Dr. Alexandre L. Lourenço, do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), o curso está desfazendo mitos da disciplina. Segundo Alexandre, ao contrário que muitos pensam, após o depósito da patente já é possível publicar: “Não é necessário esperar anos até que saia a patente. O que acontece é que muito mais fácil negociar um tecnologia quando ela ainda está em sigilo, por isso muitos pesquisadores optam por não publicar”.

Galeria de fotos
Realização:
  • UFRJ
  • LASSBio
Patrocínio:
  • SINC do Brasil
  • Cristália
  • Servier do BrasilEMSTedia do Brasil