Diário - Quarto dia

XXIII EVQFM chega ao penúltimo dia

Por Camila Frutuoso
26/janeiro/2017


Com 80% de sua programação concluída, a Escola de Verão em Química Farmacêutica Medicinal (EVQFM), que está acontecendo desde o dia 23 de janeiro, no Centro de Ciências da Saúde (CCS), da UFRJ, chega ao seu penúltimo dia e já está causando grande comoção entre os participantes. O evento que ocorre todos os anos sob a coordenação do Prof. Dr. Eliezer J. Barreiro, em sua 23ª edição, reuniu estudantes oriundos de 12 estados brasileiros com o mesmo objetivo: tratar temas relativos a Química Medicinal.

O quarto dia da XXIII EVQFM deixa a expectativa do último dia que está por vir e, ao mesmo tempo, segue as atividades propostas com os cursos e o ciclo de conferência.


O DIA DA EVQFM

Iniciou hoje, 26, o curso de “Noções de Farmacologia para Química Medicinal”, com o Prof. Dr. François G. Noël. Já os cursos de “Modelagem Molecular” e “Metabolismo de Fármacos: Aplicações na Toxicologia e Interações Medicamentosas”, chegaram ao fim. Mas o curso de “Fundamentos da Química Medicinal” segue a todo vapor até amanhã, 27.

Foto: Camila Frutuoso e Lethycia Tannuri
Turma do curso de Modelagem Molecular
com os Professores Carlos M. R. Sant' Anna e Laurent Dardenne

 

Foto: Camila Frutuoso e Lethycia Tannuri
Turma do curso de Metabolismo de Fármacos: Aplicações na Toxicologia
e Interações Medicamentosas com a Professora Lídia M. Lima

 

  Foto: Camila Frutuoso e Lethycia Tannuri


O conferencista do dia foi o Prof. Dr. Alex Guterres Taranto (UFSJ), que já participou de edições anteriores da EVQFM, inclusive como aluno, e proferiu a palestra “Octopus: Ferramenta de pesquisa de atividade farmacológica de compostos naturais e sintéticos”. Para ele, a experiência de poder retornar a Escola de Verão como palestrante é muito boa: “É uma satisfação indescritível, não tenho palavras para descrever como é a sensação de estar aqui, de poder contribuir para a formação desses jovens” – comenta o cientista.
  Prof. Dr. Alex Guterres Taranto (UFSJ)

Com experiência na área de Modelagem Molecular (Química e Biologia Computacional), com ênfase em deseolvimento de fármacos com auxílio do computador (CADD), o professor diz que o pesquisador precisa seguir sempre em frente, ele não pode ficar preso em seu laboratório, é preciso que ele vá até onde está sendo falado sobre o assunto de sua área de atuação. “A área da Quimica Medicinal não é fácil, mas é uma área que te proporciona bastante realização pessoal, é gratificante quando você consegue fazer algo que pode causar alguma diferença na sociedade, você vê o resultado do seu trabalho” – conclui o conferencista.

As expectativas para o último dia de Escola de Verão são altas. Os estudantes saberão o resultado do concurso de selfie e poderão participar do tão esperado momento, onde irão participar de um bate papo com os pesquisadores sêniors, trocando ideias e aproveitando para esclarecer todas as dúvidas.

Acompanhe as atividades em tempo real através do perfil do facebook da EVQFM UFRJ e o Instagram (@evqfmufrj).

CONTATO

UFRJ - Centro de Ciências da Saúde
Av. Carlos Chagas Filho, 373
Cidade Universitária - Ilha do Fundão - RJ

REDES SOCIAIS