Diário - Quinto dia

Chega ao fim a XXIII Escola de Verão em Química Farmacêutica e Medicinal

Por Camila Frutuoso
27/janeiro/2017


A tradicional e conceituada Escola de Verão em Química Farmacêutica e Medicinal (EVQFM), que iniciou no dia 23, nas dependências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), chega ao seu último dia (27). A EVQFM recebeu mais de cem participantes durante a semana, de doze estados diferentes do Brasil, com o objetivo de propagar as ciências farmacêuticas.

Foto: Camila Frutuoso
XXIII Escola de Verão em Química Farmacêutica e Medicinal

A XXIII EVQFM cumpriu mais um ano de atividades com aproveitamento total em seus cursos e conferências, que foram proferidas por diversos pesquisadores. No cilco de conferências deste ano, todos os conferencistas foram brasileiros, sendo um deles, egresso do Laboratório de Avaliação e Sínstese de Substâncias Bioativas (LASSBio), mas que atua na York University, no Canadá.

Foram ministrados seis cursos ao longo da semana, todos com profissionais da área da Química Medicinal. O curso de “Fundamento da Química Medicinal”, tradicionalmente aplicado pelo Professor Eliezer J. Barreiro, nesta edição da EVQFM, foi aplicado pelo Professor Carlos Alberto Manssour Fraga.

 

O ÚLTIMO DIA DA XXIII EVQFM

A semana da XXIII Escola de Verão chega ao fim e já deixa saudade em todos. Causando ansiedade e gerando expectativas para a próxima edição.

Concluindo o ciclo de cursos, encerrou hoje os de “Fundamentos da Química Medicinal” e “Noções de Farmacologia para Química Medicinal”.

  Foto: Leonardo Ferreira


Já a conferência foi com a professora Prof. Dr. Vera Lúcia Eifler Lima (UFRGS), que possui experiência na área da Química Farmaceutica Medicinal/Química Medicinal, com ênfase em Química Orgânica, que proferiu a palestra intitulada: “Uma realçao de 1893 e a experiência do LaSOM na busca por novos hits contra o câncer”.
  Prof. Dr. Vera Lúcia Eifler Lima (UFRGS)

 A professora, que já participou de outras edições da Escola de Verão como palestrante, afirmou que gosta muito de poder participar do evento, ainda mais quando tem alunos tão interessados nos temas discutidos. “É legal falar para aluno de graduação. Por mais que eles fiquem perdidos em alguns assuntos, eles aprendem muitas coisas. Também é bom para eles verem como funciona, verem o pensamento de outros professores que não são daqui (do Rio). É sempre proveitoso” – conclui a pesquisadora.

O grande momento do dia foi o bate-papo com os professores. Ansiosos por esse momento a semana inteira, os alunos puderam conversar, esclarecer dúvidas, trocar experiência e até tietar os professores. Os estudantes ainda tiveram a oportunidade de conhecerem as dependências do LASSBio.

Segundo o coordenador o coordenador da EVQFM, Professor Eliezer J. Barreiro, é preciso ser um eterno iniciante. “Isso nos move a fazer coisas novas. Aos alunos que estão iniciando, sejam iniciantes sempre” – diz o coordenador para os alunos.

Durante a cerimônica de encerramento, o coordenador agradeceu aos envolvidos no evento, os Professores, monitores, a equipe do staff, além das agências de fomento que contribuíram para que a Escola de Verão: Capes, CNPq e FAPERJ.

A XXIII Escola de Verão em Química Farmacêutica e Medicinal chegou ao fim, mas os ensinamentos aqui aprendidos serão levados eternamente. Essa foi só mais uma edição, e no próximo ano haverá mais.


Vídeo final da XXIII EVQFM

 

CONTATO

UFRJ - Centro de Ciências da Saúde
Av. Carlos Chagas Filho, 373
Cidade Universitária - Ilha do Fundão - RJ

REDES SOCIAIS